Skip links

Qual o Melhor Notebook para Médicos?

Hoje, presente na maioria dos processos de trabalho de praticamente todos os setores produtivos, o computador pessoal se tornou uma ferramenta indispensável para o desempenho de qualquer atividade profissional. Porém, diante da infinidade de opções disponíveis no mercado, escolher o que melhor satisfaz as suas expectativas não é uma tarefa fácil e a escolha certa é de fundamental importância para o bom desempenho das suas funções. No dia a dia repleto de médicos e administradores da saúde, essa seleção passa a ter uma relevância ainda maior. Confira o artigo que elaboramos para lhe ajudar a definir qual o melhor notebook para o seu dia a dia, diante das opções disponíveis no Mercado Brasileiro em 2024.

Avalie suas necessidades

A primeira coisa a ser feita é analisar as suas necessidades e separá-las em supérfluas e essenciais. Tente projetar todos os usos que você pode vir a ter do seu próximo computador. Não descarte as demandas supérfluas, só se lembre que o seu orçamento deve priorizar suas atividades essenciais como relações jurídicas, atividades laborais e acadêmicas.

Delimite o seu orçamento

Em seguida é preciso delimitar o seu orçamento e aqui se faz relevante a divisão das suas necessidades entre supérfluas e essenciais. O seu orçamento precisa comportar a solução das suas demandas essenciais de forma prática e com um parâmetro razoável de qualidade. Sobrando recursos, você pode agregar atributos que tornem mais prazerosa a satisfação das suas demandas supérfluas.

Dimensione suas demandas.

Se você pretende usar o seu computador pessoal para realizar teleatendimentos, ministrar aulas online ou mesmo participar de teleconferências, é importante priorizar uma opção com boa resolução de áudio e vídeo, tanto de captura quanto de exibição ou que seja compatível com periféricos que você tenha disponíveis como webcams, monitores e fones de ouvido. Se terá que executar tarefas que demandem maior capacidade de processamento, a escolha do processador adequado passa a ser de fundamental importância.

Entenda a especificações atuais.

Para fazer a escolha certa, é preciso entender as especificações dos equipamentos disponíveis e avaliar se elas atendem aos requisitos mínimos para a execução das suas tarefas. A depender do seu orçamento, você pode ter que optar entre uma ou outra função específica. Esteja atento para os seguintes atributos:

Processamento

A capacidade de processamento necessária para as tarefas cotidianas que médicos e administradores da saúde realizam nos seus notebooks, como teleatendimentos, acesso a prontuários eletrônicos, planilhas e softwares de gestão, vai depender do volume de dados envolvidos em cada uma delas. Não é recomendada a utilização dos modelos de entrada para a execução dessas funções.

Confira, abaixo, as gerações de processadores disponíveis na atualidade.

Em 2024 os processadores Intel chegam à sua 14ª geração, sendo que a maioria das opções de notebook equipados com processadores Intel disponíveis vem equipada com seus processadores de 12ª ou 13ª geração.

Já os processadores da marca AMD estão entrando na sua nona geração (série 9000), sendo que a geração mais comum que equipa os notebooks com processadores AMD Ryzen, em 2024, é a 7ª (série 7000).

A série M, utilizada pelos computadores da marca Apple tem um tipo de arquitetura de processamento utilizada em smartphones que otimiza o desempenho, minimizando o consumo de energia e a emissão de calor. Ela está na sua terceira geração. É possível encontrar notebooks equipados tanto o processador M3 quanto o M2 nas lojas próprias e representantes da Apple, em 2024.

Os processadores da marca Qualcomm, que assim como os da Apple, utilizam a tecnologia RISC, em 2024, entram na sua terceira geração de processadores para notebooks, equipando modelos de entrada com o seu 7c e versões intermediárias com o 8cx. Com o lançamento do SnapdragonX, processador de alto desempenho da marca que superou o Apple M3 e o i9 Intel, consumindo 70% menos energia que o processador e este e 30% a menos que o da Apple, a Qualcomm parece ter acertado a receita de processadores de alto desempenho com baixo consumo para notebooks e deve equipar alguns dos modelos premium no Mercado Brasileiro de notebooks nos próximos anos.

Portabilidade

Foi-se o tempo em que o computador pessoal parecia uma lápide. Com autonomia média de baterias que parte das 8 horas de uso, nos modelos mais simples, e chega a mais de 20 horas, em alguns modelos premium, a atual geração de notebooks tem pouco mais de um 1cm de espessura e um quilo de peso. É possível encontrar modelos de entrada com pouco mais de um quilo e meio e opções, dentre os intermediários e premium, com telas sensíveis ao toque e rebatíveis em 180°, que oferecem a versatilidade do uso híbrido (notebook/tablet) com todas as funcionalidades do Windows 11 e configurações robustas.

Qualidade de Vídeo

Hoje, mesmo entre os notebooks de entrada, é possível encontrar opções com excelente resolução e até com telas OLED. Mas é preciso ficar atendo, pois, além da resolução, é importante a tela ter um bom ângulo de visão. As telas IPS não distorcem as cores ou o contraste em diferentes ângulos de visão. Embora mais caras, entregam qualidade superior e reproduzem tonalidades mais vivas. Já a tecnologia TN, presente na maioria das opções de entrada, é mais barata, mas possui qualidade inferior. As cores tendem a ser mais lavadas e há distorções quando vistas de ângulos diferentes.

Conectividade

A capacidade de conexão com diferentes dispositivos amplia bastante as possibilidades de uso do seu computador. Assim, com um bom monitor no consultório, tudo o que você precisa para acessar as ferramentas operacionais instaladas no seu computador pessoal em uma tela grande é de um cabo compatível.

Em 2024, a saíde HDMI ainda está presente na grande maioria dos laptops, mas o padrão USB-C com suporte de vídeo já é encontrado na maioria dos modelos intermediários e premium. Neles, é possível conectar um HUB pela porta USB-C e ampliar sua capacidade de conexões com entradas para cartões de memória, portas USB e saídas HDMI.

O padrão WiFi alcança este ano a sua versão 6 e o padrão Bluetooth chega à sua versão 5.4, sendo o WiFi5 e o Bluetooth 5.3 os padrões presentes na maioria dos notebooks disponíveis, até então. O uso do padrão para a saída de áudio vem se tornando cada vez mais comum. A maioria dos notebooks, hoje, desde os modelos de entrada, já sai de fábrica com Bluetooth, mas a saída independente de áudio formato P2, aquele dos primeiros fones de ouvido, ainda está presente em quase todos os modelos de notebook disponíveis em 2024.

Além desses padrões de conexão mais comuns, alguns modelos voltados para o trabalho, como o Lenovo ThinkPad e o Dell Latitude, contam com entrada para sim card e podem permanecer conectados à internet, pelas redes 4G ou 5G, de qualquer lugar, independente de redes WiFi.

Teclado

Apesar de parecer uma preocupação banal por serem presumivelmente todos iguais, este item pode esconder surpresas. É importante ter em mente que nem todos os teclados têm os símbolos ortográficos que utilizamos no mesmo lugar. Em alguns você pode ter que aprender atalhos para utilizar acentos ou mesmo fazer combinações de cliques com o “Alt Gr”. Outro detalhe que vale lembrança é que os teclados retroiluminados só estão presentes em alguns dos modelos intermediários e nos premium. Portanto, se você pretende digitar no escuro, é bom estar preparado para coçar o bolso.

A seguir, uma lista com algumas opções de modelos das principais marcas de notebook disponíveis no Brasil em 2024, que valem a pena conferir antes de tomar sua decisão.

Confira algumas opções de notebook disponíveis em 2024:

Apple – MacBook Pro

Samsung – Galaxy Book Ultra

Dell – XPS

Asus – Zenbook

Lenovo – Yoga Book

Acer – Swift

Apple – Macbook Air

Samsung – Galaxy Book Pro e Galaxy Book 360

Asus – Vivobook Pro

Dell – Latitude

Lenovo – Thinkpad

Acer – Spin

Dell – Inspiron

Lenovo – IdeaPad

Acer – Aspire

Asus – Vivobook